Sua empresa está preparada para lidar com um ataque digital? Descubra!

4 minutos para ler

As empresas precisam se manter cientes sobre as possibilidades de ataque digital e suas consequências. A partir dessa consciência, é possível ser feita a implementação de estratégias de segurança que protejam seus dados.

Nos últimos meses, o Brasil tem registrado um crescimento considerável desse tipo de ataque, em que os dados são invadidos, ou seja, as companhias se tornam vítimas do crime digital. Em alguns casos, não é possível nem mesmo a recuperação das informações perdidas, o que ocasiona problemas secundários e graves à organização.

Se você quer saber como preparar sua empresa para lidar com uma situação como essa e quais medidas podem ser tomadas para evitar que aconteça, este texto é para você. Confira!

Como os ataques acontecem?

Basicamente é a invasão de um computador por outro ou mais, a fim de acessar as informações mantidas nele. As maneiras como acontecem os ataques são variadas, assim como sua motivação, que pode ser com a intenção de cometer um roubo ou, até mesmo, um simples ato de vaidade. Esse ato é considerado ilegal, também conhecido como crime digital. Que existem diferentes tipos de ataques nós já falamos, mas é relevante saber que alguns deles são mais comuns ou mais utilizados. 

Backdoor

Nesse tipo de ameaça, um espião é instalado de forma remota no computador. A partir disso, o criminoso consegue monitorar todas as atividades de outra pessoa em um aparelho eletrônico ou computador. Nessa prática, é possível que os crackers enviem e-mails, visualizem senhas e informações contidas no aparelho. Esse arquivo pode ser instalado de formas distintas, uma delas é se camuflando em softwares ou presente em vírus. Mas, a mais comum delas são e-mails maliciosos que são abertos despretensiosamente.   

Phishing

Atualmente é um dos ataques mais vistos no meio virtual. Principalmente porque nem sempre é possível perceber o surgimento dele, já que sua característica mais marcante é de que está sempre camuflado em e-mails que aparentam ser de uma fonte confiável, por exemplo: uma solicitação de ação por uma grande empresa. Por isso, é normal que as pessoas acessem esses conteúdos e, a partir disso, o arquivo se torna capaz de captar as informações fornecidas durante o uso do computador ou smartphone. 

Como proteger seus dados?

Diante de constantes ameaças digitais, é preciso colocar algumas dicas em prática para que os dados da sua empresa sejam mantidos seguros e preparados para um possível ataque digital. Confira algumas dessas dicas:

  • usar senhas fortes: o uso de senhas longas e complexas é uma das maneiras mais simples de proteger suas informações. Também pode ser usada uma senha diferente para cada conta, isso dificulta o acesso caso uma delas for descoberta; 
  • uso de duplo fator de autenticação: essa dica é essencial para contas que contêm informação pessoal ou outros dados importantes. Basicamente, é a adição de mais uma etapa que identifique a identidade do usuário durante o login;
  • solução de segurança: ter uma solução antivírus é uma alternativa simples, além de confiável, por conter diferentes técnicas de detecção de ataques.
  • backup: sem dúvida, essa é a dica mais importante. Os backups resumidamente são rotinas feitas para copiar dados para um local seguro e essa atividade deve ser feita regularmente. Um bom exemplo de local seguro é a nuvem, que garante que as informações transferidas possam ser acessadas depois e não ocupam grande espaço físico.

Além das dicas citadas acima, um ponto relevante é priorizar o trabalho com softwares confiáveis de boa qualidade na empresa. Eles fazem diferença quando o assunto é proteção de dados contra um ataque digital, pois são capazes de realizar técnicas de segurança com sucesso, além de executarem a etapa de backup muito bem. 

Agora que você entendeu como os ataques funcionam e se sua empresa está preparada para lidar com eles, conheça mais sobre diferentes tipos de backups.

Posts relacionados

Deixe um comentário