Desvendamos as principais diferenças entre cloud backup e backup tradicional

6 minutos para ler

Em um ambiente em que o acesso a dados de qualidade ganha mais importância a cada dia, medidas que garantam a proteção de informações estratégicas se tornam fundamentais. Neste contexto, o cloud backup e o backup tradicional surgem como soluções interessantes.

A grande questão é, qual das soluções apresenta o melhor custo-benefício para empresas? Não existe uma resposta fácil para essa pergunta, o que significa que o time de gestores precisa levar em consideração uma série de fatores antes de tomar uma decisão.

Para ajudar você nesse processo, preparamos este conteúdo com informações a respeito das principais características dos dois tipos de backup. Leia o post e descubra qual solução funciona melhor para a sua empresa!

Entenda como funciona o cloud backup

Se olharmos com atenção o mundo ao nosso redor, é fácil perceber que a tecnologia cloud já é muito presente em nosso dia a dia. Afinal, ela é parte fundamental de serviços amplamente utilizados, como as plataformas de streaming. De um modo simples, podemos descrever a tecnologia como uma solução que permite que arquivos, armazenados em servidores externos, sejam acessados por pessoas autorizadas.

O cloud backup é um conceito que abre espaço para que os arquivos da empresa sejam armazenados em um servidor externo, o que elimina a necessidade de a empresa investir em um servidor próprio.

Ao contratar esse serviço, os dados e sistemas da organização são registrados diariamente, de modo automático, em um servidor administrado por uma companhia especializada.

Descubra como o backup tradicional opera

É fato que, muito antes da tecnologia cloud se tornar amplamente disponível para o mercado, as empresas já usavam computadores e dispositivos eletrônicos em sua operação. Para lidar com o armazenamento e backup de dados, elas faziam uso de soluções em backup tradicional.

Diferentemente do cloud backup, que guarda os dados da empresa em um servidor externo, o backup tradicional armazena os dados e sistemas da companhia em um servidor próprio, instalado em suas dependências.

Nesse modelo de backup, os dados são registrados em um sistema que está totalmente sobre o controle da empresa.

Saiba qual o modelo mais adequado para sua empresa

Agora que você entende como funcionam o cloud backup e o backup tradicional, é necessário conhecer mais a fundo os detalhes relacionados a sua operação, para que assim você seja capaz de identificar o modelo mais alinhado às demandas de sua companhia.

A seguir, saiba o que será preciso avaliar antes de tomar uma decisão.

Custos

Uma vez que, para gerar lucro, uma empresa precisa usar seus recursos de modo inteligente, é natural que seus gestores busquem analisar o custo de uma estratégia, antes de implementá-la. O sistema de backup não seria uma exceção a essa regra.

Neste contexto, é válido ressaltar que o backup tradicional apresenta custos mais elevados. Isso ocorre porque sua instalação exige investimentos tanto na aquisição de hardwares quanto na contratação de um time de colaboradores capacitados para administrá-lo.

Além disso, a operação de um servidor só é eficiente em condições específicas de temperatura, de modo que a empresa ainda precisa investir em um sistema de refrigeração e lidar com os gastos de luz, gerados por ele.

No modelo de cloud backup, por sua vez, a empresa precisa apenas pagar um determinado valor mensalmente para ter acesso ao serviço de backup. Além disso, o serviço pode ser contratado de acordo com as necessidades da empresa, o que lhe permite pagar apenas pelo espaço de armazenamento que utilizar.

Segurança

Embora os custos sejam um fator importante, se levarmos em consideração os prejuízos que o vazamento de informações pode acarretar, é fácil chegar a conclusão de que a segurança não pode ser deixada de lado.

Podemos dizer que o backup tradicional conta com sistemas de segurança avançados, como soluções em firewall e antivírus. Mas a sua operação exige um monitoramento constante, não apenas do sistema em si, mas também do pessoal com acesso a ele. Além disso, se ocorrer um acidente mais grave, e o servidor for danificado, os dados armazenados nele podem ser perdidos.

Ao contratar o serviço de cloud backup, porém, a empresa pode confiar todas as tarefas relacionadas a administração e a proteção do servidor a uma companhia com expertise nessa atividade, o que permitirá o acesso a serviços mais eficientes e especializados.

É válido ressaltar que os dados em cloud são copiados e distribuídos em diversos servidores, de modo que mesmo que um deles seja danificado, as informações registradas não serão perdidas.

Acessibilidade

Um servidor próprio abre espaço para que a empresa tenha mais controle sobre seus dados, o que em algumas situações pode ser muito vantajoso. A grande questão é que essa opção dificulta atividades importantes, como o acesso de colaboradores a dados, que tende a se manter restrito às dependências da empresa.

Por meio do cloud backup, porém, os colaboradores podem acessar as informações, necessárias para realizar seu trabalho, em qualquer lugar do mundo, desde que tenham acesso à internet. Essa característica pode ser vista como um diferencial, pois se reflete diretamente no desempenho dos colaboradores.

Mesmo que a tecnologia cloud otimize a verificação a dados e informações, ela não compromete a segurança dos dados da empresa. Afinal, apenas pessoas com as devidas autorizações podem se conectar aos dados armazenados em nuvem — e esse acesso ainda é limitado pela empresa, que pode conceder aos colaboradores acesso apenas aos dados que eles, de fato, precisam para desempenhar suas atividades.

Levando em consideração as informações apresentadas, não é difícil chegar a conclusão de que o cloud backup se apresenta como a opção mais eficiente. É importante, porém, que a empresa responsável pelo serviço seja escolhida com cuidado. Afinal, ela vai administrar dados sensíveis da companhia.

Nesse contexto, é necessário que o time de gestores opte por empresas que já são conhecidas no mercado. Além disso, será preciso verificar o nível de qualificação de seus colaboradores e até mesmo a experiência de outras companhias com o serviço prestado pela empresa escolhida.

Agora que você entende as diferenças entre o cloud backup e o backup tradicional, aproveite para descobrir como migrar seus dados para a nuvem de um modo mais seguro e eficiente!

Posts relacionados

Um comentário em “Desvendamos as principais diferenças entre cloud backup e backup tradicional

Deixe um comentário