Conheça 6  vantagens em fazer o cruzamento de dados do RH

6 minutos para ler

Com o passar dos anos, o setor de RH tem assumido uma posição mais estratégica, aumentando, assim, a necessidade de processos mais rápidos e precisos. Esse setor é responsável por formar equipes eficientes, selecionar talentos, acompanhar as habilidades dos colaboradores, integrar e treinar todos os profissionais.

Diante disso, pesquisas feitas dentro dessa área podem demandar bastante tempo. Além do mais, pode haver equívocos envolvendo sua veracidade, caso sejam incompletas ou mal feitas. Por esse motivo, o uso de cruzamento de dados é um ótimo aliado para o RH, por ser capaz de executar funções de coleta, análise e tratamento eficaz dessas informações. 

Se você ainda não conhece os benefícios do uso de softwares para essa função, confira este texto e veja como a tecnologia pode otimizar a gestão de pessoas da sua empresa. Continue a leitura!

A importância do recurso para o RH

Com a evolução das tecnologias, as empresas conseguem investir mais no armazenamento consistente de seus dados e informações. Para tanto, pode ser utilizado um sistema de gestão no RH para facilitar processos e reduzir custos desnecessários. A reestruturação desse serviço gera a otimização das tarefas e agrega valor ao fluxo de trabalho do departamento.

As ferramentas destinadas para o RH contam com recursos que processam os dados dos colaboradores, além de auxiliar em todo o monitoramento de funções-chave do cotidiano de um profissional do departamento, como:

  • cálculo de horas extras e férias;
  • folha de pagamento;
  • treinamento de equipes;
  • avaliação de desempenho;
  • clima organizacional.

Vantagens do cruzamento de dados 

Além de proporcionar a melhoria dos recursos citados acima, a incorporação de um sistema de gestão é capaz de otimizar as atividades exercidas pelo setor, além de proporcionar outras vantagens que ajudam a lidar com a complexidade de processos. Confira algumas delas a seguir. 

1. Agilidade nos processos

Esse é o primeiro ponto que deve ser levado em consideração. Com a integração, a burocracia é eliminada, e as atividades da empresa passam a ser realizadas com maior velocidade. Essa agilidade permite que as demandas sejam acompanhadas em tempo real, o que é um facilitador para a eficácia da tomada de decisões.

Os processos podem ser feitos de forma automatizada, levando poucos minutos. Um bom exemplo disso é a comunicação com candidatos para fazer o agendamento de entrevistas e a divulgação de novas vagas de processos seletivos. 

2. Entendimento das necessidades de seus clientes

É possível realizar um estudo mais aprofundado sobre o comportamento e as necessidades dos seus clientes, por meio de extração de informações de diferentes origens. A empresa pode fazer uma junção de dados coletados pelo sistema, com dados do site ou rede sociais, por exemplo.

Com isso, é possível prever demandas e comportamentos de seus consumidores, de maneira que e a gestão alinhe os resultados e promova uma oferta melhor de seus serviços ou produtos. 

3. Segurança na tomada de decisão

Com o cruzamento de dados e a realização de pesquisas precisas, é possível ganhar maior embasamento nos processos. Dessa forma, as decisões são tomadas com mais certeza, segurança e qualidade.

Isso causa um impacto na empresa como um todo, pois ela passa a determinar melhor os talentos desejados e recebê-los para assumirem os cargos disponíveis. Assim, evita custos relacionados às demissões e abertura de outros processos para contratação de profissionais adequados. 

4. Melhoria na comunicação

Além de ser vantajoso para facilitar a gestão, também auxilia na comunicação dentro da empresa. Os departamentos são interligados e conversam entre si, uma vez que os colaboradores estão conectados e devidamente alinhados. A comunicação melhora porque a companhia consegue promover a concentração de dados de diferentes setores.  

5. Capacidade de prever cenários 

Essa também se torna uma das vantagens, pois prevê probabilidades de sucesso de cada ação. É capaz de promover o conhecimento do passado, por meio do estudo das causas que levaram a companhia ao estado atual.

Um exemplo é a possibilidade de se fazer estimativas sobre a taxa de sucesso de determinado profissional que está passando por um processo seletivo, caso fosse contratado pela empresa. 

6. Segurança de dados 

Sem dúvida, esse é um ponto importante quando se trata de RH, principalmente porque boa parte dos seus registros são sigilosos. Portanto, deve-se evitar que possam ser acessados por pessoas que não sejam autorizadas. Mas, o cruzamento de dados pode prevenir o vazamento dessas informações, mantendo-as a salvo por tempo indeterminado.

A prática é mais segura que o uso de planilhas, porque apesar de ser possível protegê-las com senhas, ainda assim são vulneráveis a problemas técnicos ou vazamento de dados importantes. 

A escolha do software ideal

Alguns fatores devem ser levados em consideração ao escolher o tipo de sistema que pode atender melhor a empresa. São alguns exemplos:

  • necessidades da empresa: não só da empresa no modo geral, mas do setor de RH principalmente. Descobrir suas expectativas e alinhá-las ao que a solução pode oferecer são uma vantagem e tanto. Por isso, é importante conhecer seu fornecedor e saber sobre sua experiência na disponibilização desse sistema;
  • ouvir opiniões: ao entrar em contato com um fornecedor desse serviço, procure informações sobre quem usa ou já usou os serviços do mesmo. É bom para saber mais sobre suas funcionalidades e qualidade, já que essa fonte será sincera e real;
  • testes: opte sempre por uma demonstração ou, até mesmo, por experimentar o sistema antes de acertar tudo com o fornecedor. É uma oportunidade para saber se o sistema responde às necessidades da companhia e se é o que ela realmente precisa;
  • possibilidade de personalização: esse fator é importante para que o sistema funcione sob medida para a empresa. Afinal, cada uma tem suas particularidades;
  • precisa ser de fácil uso e intuitivo: assim, os colaboradores se sentem motivados em aderir à nova técnica e abrir mão dos recursos usados antigamente;
  • priorizar plataformas com armazenamento em nuvem: além de serem mais seguras, economizam espaço no servidor físico.

Empresas que usam esse recurso só têm a ganhar. Uma vez que esse sistema otimiza funções, realiza análises para detectar e eliminar problemas, como é o caso da falta de comunicação. Por consequência, a gestão é capaz de evitar erros e maximizar os benefícios, a fim de fortalecer o negócio e servir de suporte para um crescimento gradativo.

Gostou de saber as vantagens do sistema de cruzamento de dados para o setor de Recursos Humanos? Entre em contato conosco para saber mais sobre o melhor para sua empresa.

Posts relacionados

Deixe um comentário