Confira as 5 melhores dicas de home office humanizado

4 minutos para ler

Com a chegada do coronavírus, a prática de home office deixou de ser uma exceção nas empresas. Do dia pra noite, as equipes tiveram que se adaptar a uma nova forma de trabalho, sendo transferidas para casa, a fim de preservar a saúde dos trabalhadores.

Entretanto, trabalhar em casa nem sempre é uma tarefa fácil e muitas vezes requer incentivo. Principalmente diante da situação em que estamos vivendo, ter que lidar com prazos durante o isolamento social pode gerar um quadro de ansiedade em quem pratica o home office.

Para melhorar a forma de humanização desse meio, neste texto, listamos dicas de home office. Vamos lá?

A saúde mental e o trabalho em casa

Nesse momento, é importante pensar no bem de todos. Para isso, precisamos entender que, durante o isolamento social, o home office não está em sua situação normal e que a população não conseguiu se preparar para isso. Sabemos que lidar com a pressão não é uma tarefa fácil para o ser humano, ainda mais não podendo manter contato direto para esclarecer dúvidas e opiniões.

Esses fatores podem causar um quadro de ansiedade e influenciar na produtividade, afinal, é muito difícil manter o mesmo nível que se tinha no escritório. Por isso, o melhor é ter compreensão de que o trabalho será feito, ainda que o colaborador precise de um pouco mais de tempo para executá-lo.

Levando em consideração que o importante, no momento, é pensar nas pessoas antes de todo o resto, podemos usar algumas dicas de home office para que ele seja feito de forma mais humanizada, podendo aproximar mais os indivíduos. Confira essas 5 dicas!

1. Evite medir a produtividade do trabalho em horas

Quando nos limitamos a realizar uma tarefa em um determinado tempo, podemos aumentar nossa ansiedade e prejudicar a produtividade. Para melhorar essa situação, a equipe pode traçar objetivos de forma compartilhada, alinhando as expectativas para que, no fim do dia, cada um tenha feito sua parte. 

2. Faça reuniões por videoconferência 

Essa é uma das formas que podemos usar para aproximar as pessoas e sanar suas dúvidas. É interessante que essas reuniões sejam feitas por, pelo menos, uma vez ao dia. Dessa forma, é possível acompanhar o desenvolvimento dos colaboradores e estreitar o relacionamento entre a equipe. 

3. Incentive o profissionalismo

É indispensável que, mesmo longe do escritório, todos os colaboradores mantenham o profissionalismo e, até mesmo, que procurem se aprimorar em suas áreas. Para isso, podem optar por alguns cursos de especialização, para que seu papel na empresa seja mais profissional.

4. Evite senso de urgência

Em situação de urgência podemos fazer com que nem todos possam contribuir para a realização da tarefa. Essas situações podem causar uma certa dificuldade na equipe, podendo gerar estresse e frustração. Isso pode fazer com que o desempenho seja reduzido, prejudicando a todos. Então, o ideal é evitar a pressão nesses momentos.

5. Mantenha uma estratégia de trabalho

O trabalho não pode ser feito sem que cada pessoa saiba o que deve fazer. Então, montar uma estratégia para que a equipe se organize e cada um faça sua função é fundamental. Isso evita atritos e dúvidas desnecessárias durante o período de trabalho e reuniões. Com isso, podemos usar ferramentas para comunicação e armazenamento de dados em nuvem.

Além das dicas que foram citadas acima, o mais importante é priorizar pela saúde mental de cada um. Devemos compreender que o momento é, de fato, incerto e delicado, pois não sabemos o que pode vir a acontecer. Precisamos ter empatia e entender que suas rotinas mudaram, agora estão em casa, com filhos fora da escola ou, até mesmo, passando por esse período sozinhos. 

Gostou das nossas dicas de home office? Venha conferir também como manter o engajamento dos colaboradores durante o isolamento. Boa leitura!

Posts relacionados

Deixe um comentário