Folha de pagamento e eSocial: Saiba sobre as mudanças e como adaptar

4 minutos para ler

O eSocial é um sistema desenvolvido pelo Governo Federal com a finalidade de facilitar e unificar o envio de informações relacionadas às obrigações trabalhistas, tributárias e previdenciárias. Existe uma relação entre a elaboração da folha de pagamento e o eSocial que precisa ser compreendida pelas empresas, já que a utilização do sistema tem a finalidade de automatizar esse processo.

Entretanto, muitas empresas encontram dificuldades para se adaptar a essas alterações que proporcionam uma série de benefícios, como mais agilidade e eficiência ao processo.

A seguir, mostramos de que forma o eSocial se relaciona com a folha de pagamento e como as empresas podem se adequar às mudanças que ocorrem em função de sua utilização. Continue a leitura para saber mais!

Entenda a relação entre folha de pagamento e eSocial

A elaboração da folha de pagamento envolve uma série de atividades burocráticas e trabalhosas nas quais é preciso consultar registros, executar cálculos e emitir e enviar documentos relacionados às obrigações trabalhistas, tributárias e previdenciárias.

Com a utilização do eSocial, essas atividades ganham mais agilidade, pois qualquer mudança relacionada aos funcionários deve ser comunicada rapidamente ao sistema, que concentra as informações.

Saiba quais as vantagens do eSocial

A utilização do eSocial proporciona uma série de benefícios às empresas, como a redução de consumo de papel e da burocracia envolvida nessas atividades. Confira, a seguir, as principais vantagens em sua utilização.

Unificação dos dados

Como mencionamos, o objetivo do eSocial é concentrar as informações trabalhistas, previdenciárias e tributárias em um único ambiente. Isso facilita a unificação dos dados, ou seja, evita a necessidade de cadastros e preenchimento de inúmeros formulários em diferentes órgãos governamentais, além de prevenir a duplicidade de informações.

Redução de burocracia 

Um dos objetivos do eSocial é facilitar e otimizar processos. O envio de informações por meios digitais contribui para reduzir a burocracia. Isso porque a unificação dos dados ajuda a evitar os erros operacionais, a redundância de informações, além de simplificar processos.

Transparência das informações

Outro benefício é a transparência das informações. Ter os registros trabalhistas em meios digitais proporciona maior facilidade de acesso, mais segurança no processamento e facilidade para a fiscalização desses dados.

Confira como se adaptar às mudanças

Para se adaptar ao eSocial, é preciso que a empresa adote alguns procedimentos e execute tarefas que facilitem o acesso e o processamento das informações. Veja!

Atualização de cadastro

O primeiro passo é atualizar o cadastro de funcionários. Para isso, a empresa deve providenciar o envio das informações cadastrais de seus colaboradores. Vale ressaltar que esses registros devem ser corretos, caso contrário, a empresa pode receber multa em função do envio de dados inconsistentes.

Integração de sistemas 

Como o recebimento das informações é feito em ambiente digital, é preciso gerar esses registros no sistema de folha de pagamento utilizado pela empresa para enviá-lo ao eSocial. Esse processo pode ser feito de forma integrada pela empresa por meio da utilização de softwares que ofereçam essa funcionalidade. Dessa forma, o processo de envio será automatizado.

Folha de pagamento digital 

A folha de pagamento digital é uma das funcionalidades do eSocial. Na prática, ela contém uma série de eventos necessários ao seu processamento. Dessa forma, cálculos que antes eram possíveis retardar, como o pagamento de horas extras, são feitos automaticamente dentro do período. Com isso, há maior segurança com relação aos cálculos e menos erros operacionais.

Entenda a importância da adequação desse processo

Com as mudanças impostas pela utilização do eSocial, a forma com que as empresas tratam suas obrigações trabalhistas fica mais exposta à fiscalização. Isso significa que é preciso atenção em todas as exigências, para evitar multas por descumprimento de prazos ou por envio de informações erradas. Por isso, é importante utilizar um sistema ERP que esteja alinhado às necessidades do eSocial.

Como vimos, as mudanças proporcionadas pelo eSocial oferecem benefícios às empresas, como a redução de burocracia, a unificação dos dados e a transparência das informações. Uma forma de se adaptar a ele é por meio da utilização de um sistema que integre a folha de pagamento e o eSocial para facilitar esse processo.

Quer saber mais sobre as atualizações do eSocial? Então, confira este conteúdo com o cronograma atualizado das mudanças!

Posts relacionados

Deixe um comentário