Gestão de TI: qual o seu papel na empresa? Entenda, neste post!

6 minutos para ler

A evolução natural do mercado e o aumento constante das demandas dos clientes, tendem a tornar o cenário atual competitivo para empresas de todos os portes e áreas de atuação. Nesse contexto, o uso inteligente de dados e informações é fundamental, o que torna a implementação de uma estratégia de gestão de TI indispensável.

Isso ocorre porque, por meio dessa solução, o time de líderes de uma companhia se torna capaz de acessar e controlar dados estratégicos de um modo mais eficiente. O que acaba refletindo positivamente na gestão dos recursos da empresa.

Você gostaria de aprender mais a fundo sobre a gestão de Tecnologia da Informação? Continue a leitura e descubra como ela funciona e saiba como ela pode beneficiar sua empresa!

O que é gestão de TI?

De um modo técnico, podemos descrever a gestão de TI como um conjunto de práticas cujo objetivo final é otimizar a captação e a análise de dados em uma empresa. Basicamente, essa estratégia implementa as ferramentas necessárias para que todos os setores da empresa, como o de Recursos Humanos, possam operar de um modo mais inteligente.

Podemos dizer que a finalidade da gestão de Tecnologia da Informação é garantir que os sistemas e dispositivos da empresa operem de maneira coordenada e eficiente. Características indispensáveis para que os colaboradores sejam capazes de desempenhar seu pleno potencial.

Além disso, essa estratégia precisa garantir a integridade dos dados estratégicos da companhia, evitando assim que eles sejam perdidos, vazados ou danificados em situações adversas, como acidentes, desastres naturais e ataques de hackers.

Como ela impacta uma empresa?

Quando bem implementada, a gestão de Tecnologia da Informação tem o potencial de elevar os índices de produtividade de todas as áreas de uma empresa. Como um exemplo, podemos citar o setor de Recursos Humanos.

Embora sejam comuns para o RH, tarefas como a admissão e o desligamento de funcionários podem ser consideradas complexas. Afinal, elas exigem que os profissionais de Recursos Humanos lidem com uma série de dados, e que os envie aos órgãos governamentais por meio de sistemas como o eSocial.

A gestão de TI, por sua vez, torna a apuração desses dados, o seu armazenamento e compartilhamento mais ágil e seguro. Por meio de softwares especializados, por exemplo, essas rotinas podem até mesmo ser automatizadas de modo inteligente.

Uma vez que os colaboradores não precisam mais gastar tanto tempo em questões operacionais, eles podem se dedicar a atividades estratégicas, aumentando assim sua produtividade e eficiência.

Levando esses fatos em consideração, podemos chegar à conclusão de que os impactos da gestão de Tecnologia da Informação no setor de Recursos Humanos são altamente positivos.

Quais as principais vantagens da gestão de TI?

Por fim, é importante ressaltar que a gestão de TI é capaz de acarretar uma série de benefícios para as empresas. Continue a leitura e veja alguns exemplos!

Desburocratização

Embora atualmente o uso de dispositivos eletrônicos, como computadores, tablets e até mesmo smartphones, seja adotado por basicamente todas as empresas, muitos negócios ainda estão presos a práticas engessadas de gestão. Práticas estas que tornam os processos da empresa em questão lentos e burocráticos, reduzindo assim sua eficiência.

A gestão de Tecnologia da Informação, porém, viabiliza o uso inteligente de informações e abre espaço para que os procedimentos equivocados sejam devidamente mapeados. Como resultado, os líderes podem implementar processos que de fato fazem sentido.

Uma atitude que, além de eliminar a burocracia desnecessária, cria um ambiente em que os colaboradores podem ser mais produtivos.

Melhora da experiência do colaborador

Quando pensamos na produtividade dos colaboradores, é importante que o fator humano não seja deixado de lado. Afinal, sem uma força de trabalho engajada e capacitada, uma companhia não será capaz de se manter relevante no mercado.

Por essa razão, considerar a experiência do colaborador, providenciando a ele um ambiente de trabalho confortável e em boas condições, é indispensável.

Neste contexto, a tecnologia surge como uma solução adequada. Afinal, por meio dela, os funcionários podem executar suas tarefas de uma maneira mais simples, e em curtos períodos de tempo. Características estas que tendem a tornar os processos corporativos menos estressantes.

É necessário, porém, que os colaboradores recebam a devida qualificação para que de fato sejam capazes de lidar com as ferramentas que estão à sua disposição. Sem esse cuidado, devido a falta de preparo dos colaboradores, as novas tecnologias podem causar mais dores de cabeça do que benefícios.

Redução de custos

Uma vez que processos burocráticos são eliminados, e que os colaboradores se tornam mais produtivos, é natural que a companhia, como um todo, passe a gerar mais lucro para seus sócios e gestores. O que demonstra alguns dos impactos diretos da gestão de TI sobre os recursos do negócio.

Mais do que isso, a visão organizada dos dados, entregue por esse modelo de gestão, fornece aos administradores da companhia uma visão mais ampla dos pontos fortes e fracos da companhia. De modo que a aplicação de estratégias voltadas para a redução de custos é otimizada.

Conforme o mercado se torna mais exigente, o uso de tecnologias como Big Data, e a implementação de estratégias que usam informações de modo inteligente, ficam cada vez mais necessárias. As empresas que falharem em se adaptar a essa nova realidade tendem a ficar para trás, perdendo clientes e relevância.

Agora que você conhece o conceito de gestão de TI, e entende os impactos dessa estratégia, que tal receber mais informações interessantes? Assine nossa newsletter e se mantenha por dentro dos temas mais importantes para a sua empresa!  

Posts relacionados

Deixe um comentário