O que é e como aplicar inteligência artificial no RH

6 minutos para ler

O RH tem passado por uma forte transformação digital, em alinhamento com a chamada indústria 4.0. Isso significa que a maneira como os profissionais são selecionados, integrados, treinados e alinhados está mudando bastante. Para entender essa transformação, é preciso saber melhor o que é inteligência artificial no RH e quais são as principais aplicações.

Ainda em 2017, ao entrevistar mais de 10 mil líderes, a consultoria norte-americana Deloitte constatou que 33% das equipes de RH já utilizam algum tipo de inteligência artificial (IA). Além disso, identificou que 56% das empresas estão redesenhando seus processos para aproveitar ferramentas digitais. Parece algo futurista, mas não é — e se você ficar para trás pode perder competitividade.

Por conta disso, elaboramos um artigo sobre inteligência artificial no RH e suas principais aplicações. Explicamos o que é, como aplicar e por onde começar. Continue sua leitura.

Afinal, o que é Inteligência Artificial no RH?

Para um entendimento mais fluido, vamos analisar as palavras “inteligência” e “artificial” separadamente, depois consolidar um conceito e analisá-lo no contexto do RH. Certo?

Há muitas definições para inteligência. Para simplificar, entenda inteligência como a capacidade de solucionar problemas. Por exemplo, se seu carro está com algum defeito e você consegue consertá-lo (ainda que precise levá-lo ao mecânico), agiu com inteligência.

Já a palavra artificial refere-se ao que foi produzido pela mão humana, uma espécie de contraponto ao que é natural. A seleção artificial, por exemplo, é uma seleção administrada pelas pessoas e não ocorre naturalmente.

Ao unir esses dois termos, você tem a chamada Inteligência Artificial (IA): um mecanismo criado por pessoas, que é capaz de solucionar problemas e — algumas vezes — até aprender com eles, como uma espécie de “cérebro”.

Toda IA opera por meio de algoritmos, que são sequências de comandos preestabelecidos e que objetivam entregar resultados específicos.

Especificamente no RH, a IA pode ser aplicada em quase todo processo que depende de uma solução. A triagem de currículos está entre essas aplicações, assim como a administração da rotina de departamento pessoal. Dessa forma, talentos, RH e empresa são beneficiados.

Como a Inteligência Artificial é aplicada dentro do RH?

Neste tópico, vamos explicar como a inteligência artificial funciona nos subsistemas do RH, especificamente na facilitação das rotinas de RH, seleção de pessoas e avaliação de desempenho do time de trabalho. Portanto, continue atentamente sua leitura!

Rotinas de departamento pessoal

O RH conta com muitas rotinas de trabalho, algumas delas necessárias ao funcionamento da organização. O processamento da folha de pagamento, a administração de benefícios e o controle das férias dos empregados são bons exemplos disso, mas existem vários outros.

Felizmente, todas essas tarefas contam com um passo a passo lógico. Ou seja, possuem um início, meio e fim específico. Exatamente por isso podem ser automatizadas com a ajuda de tecnologias dotadas de inteligência artificial, tanto parcial quanto integralmente.

Imagine, por exemplo, o processamento da folha de pagamento. Um bom software de RH pode calcular o número de horas trabalhadas pelos profissionais, além dos benefícios e adicionais que devem ser pagos. Depois, facilita a emissão e distribuição do holerite.

Recrutamento e seleção de talentos

Outra importante aplicação para a inteligência artificial no RH está no processo de recrutamento e seleção. Um software dotado de IA pode facilitar cada etapa do processo, automatizando algumas tarefas-chave, como a triagem de currículos.

Imagine, por exemplo, que você recebeu centenas de currículos por e-mail e não quer gastar muito tempo analisando todos eles — afinal, precisa tocar as etapas subsequentes. A IA pode cruzar os dados de todos os candidatos com a descrição da vaga, depois separar candidatos aprovados dos não aprovados com base em um score mínimo de alinhamento.

É possível até mesmo criar um chatbot para tirar dúvidas básicas dos candidatos, como quando será o processo seletivo e quais são os requisitos mínimos para o cargo. Assim, o RH pode cuidar de outras tarefas estratégicas, como entrevistas e dinâmicas.

Análise de performance das equipes

A avaliação de desempenho dos profissionais e equipes é crucial, pois subsidia uma série de decisões futuras: quem promover, demitir, treinar ou recompensar, por exemplo. Porém, é uma atividade que costuma demandar bastante tempo e energia do RH.

Novamente, a inteligência artificial pode ser de grande ajuda. Ela facilita todo a coleta e organização dos dados referentes ao desempenho dos talentos, assim como a apresentação desses dados em dashboard. Assim, a análise de desempenho torna-se mais fácil.

Outro ponto importante é que, a partir da atual performance da equipe, uma tecnologia dotada de IA pode sugerir programas de treinamento ou cursos específicos, no intuito de desenvolver as competências da equipe, dada sua área de atuação.

Quais os primeiros passos para usar a IA no RH?

Como você pode observar até aqui, a inteligência artificial oferece muitas vantagens ao RH e conta com aplicações variadas. A questão é: como começar a utilizá-la?

Primeiramente, é preciso ter clareza sobe qual atividade do RH você pretende aplicar a IA. Como visto, podem ser várias. É interessante começar pelas funções operacionais, como gestão da folha de pagamento, distribuição de holerites e controle da jornada de trabalho.

Essas tarefas são mais trabalhosas, demandam bastante tempo e energia. Logo, na medida em que consegue torná-las mais fluidas com a ajuda de tecnologias dotadas de IA, você pode focar em outras atividades-chave, como a atração e retenção de talentos.

Feito isso, é hora de pesquisar por tecnologias dotadas de IA. Concentre-se em três coisas: cobertura da sua funcionalidade (isto é, quantas tarefas ela ajuda a otimizar), relação entre custo-benefício e reputação do seu fornecedor (afinal, estará iniciando uma relação).

Veja, agora você está por dentro do assunto, sabe o que é inteligência artificial no RH, quais suas principais aplicações e como dar os primeiros passos. Lembre-se de que tecnologias eficientes podem tornar sua gestão de pessoas mais precisa, gerando vantagens ao empreendimento e aos próprios talentos.

Gostou das informações do nosso artigo? Aproveite para continuar aprendendo conosco. Baixe nosso e-book sobre indústria 4.0 e transformação digital do RH. Vamos lá!

Posts relacionados

Deixe um comentário