Saiba o que é Internet das Coisas e sua influência na gestão corporativa

6 minutos para ler

Você lembra daqueles filmes e desenhos futuristas em que algumas coisas estavam conectadas, como lâmpadas que se adaptam ao ambiente e horário ou portas com travas automáticas, e funcionavam automaticamente? Acredite, esse futuro chegou. Se você não entende muito bem sobre o que estamos falando, precisa saber o que é Internet das Coisas.

Esse conceito está cada vez mais presente na nossa vida cotidiana e tende a mudar a rotina e a maneira com que realizamos as atividades. Mais do que isso, a Internet das Coisas pode mudar a gestão corporativa e exigir das empresas novas abordagens. Quer entender melhor o conceito? Então, continue a leitura!

O que é Internet das Coisas?

Também conhecida pela sigla IoT (Internet of Things), a Internet das Coisas é uma tecnologia que permite que objetos físicos estejam conectados e comunicando-se uns com os outros por meio de sensores inteligentes que permitem a troca de dados.

Esse conceito pode ser aplicado a objetos comuns do nosso dia a dia, como eletrodomésticos, maçanetas e meios de transporte. Você provavelmente já tem acesso à Internet das Coisas se usa uma SmartTV e, até mesmo, seu smartphone.

Como a Internet das Coisas afeta a gestão corporativa?

Claro que as empresas podem aproveitar essas novidades e usar a Internet das Coisas em suas atividades. Mas esse uso não fica restrito apenas à aplicação em máquinas ou implementação de softwares.

A IoT pode revolucionar a gestão como um todo, impactando diretamente o andamento dos processos e mudando a abordagem em relação às pessoas, à produção e à administração de recursos.

Na sequência, saiba melhor como essa tecnologia afeta a gestão corporativa.

Segurança

As maçanetas biométricas são um excelente exemplo do aumento de segurança que a IoT pode proporcionar. Mas podemos ir além e citar a concessão de acessos privilegiados às informações de acordo com o grau de importância que determinada pessoa ocupa dentro da hierarquia da empresa.

Outro bom caso é o uso de reconhecimento facial no acesso a dados, aumentando muito o grau de segurança e evitando fraudes. Em uma realidade em que as informações são um dos bens mais preciosos de uma empresa, esse cuidado é extremamente significativo.

Inovação

A Internet das Coisas pode ser aplicada em máquinas e equipamentos para monitorar a produtividade, detectar erros na produção de um item em massa ou ainda para aumentar o índice de segurança dos operários.

Outra aplicação importante é para o uso inteligente de recursos como energia elétrica e água, promovendo uma maior economia. Com a aplicação de softwares nesses equipamentos, a organização consegue monitorar todo o processo produtivo e usar as informações coletadas para melhorar essa rotina ou criar novas soluções.

Otimização de tarefas

A Internet das Coisas pode não ficar só no chão de fábrica e também ir para os escritórios. Além dos computadores e impressoras conectados via Wi-Fi, essa tecnologia pode ser aplicada para operacionalizar tarefas repetitivas diárias.

Tal conceito já é aplicado no RH em atividades ligadas ao Departamento Pessoal, como confecção de folhas de pagamento e holerites, mas por meio de softwares que não usam a IoT. Com esse recurso, é possível automatizar processos diretamente, diminuindo ainda mais a incidência de erros.

Trabalho remoto

Com a Internet das Coisas, você não precisará mais estar presente fisicamente para operar uma máquina ou lidar com suas tarefas diárias. Uma das grandes possibilidades dessa tecnologia é a de trabalhar remotamente.

O trabalho remoto já é realidade para muitos profissionais e deve se expandir ainda mais com a aplicação maciça da IoT. Essa abordagem traz benefícios não só para o colaborador, que ganha em qualidade de vida e tempo livre, mas também para a empresa, que pode economizar em infraestrutura e espaço físico.

Aprimoramento da logística

Com o uso de soluções e objetos conectados, as possibilidades para a logística aumentam consideravelmente. A coleta de dados e o monitoramento de entregas fornecem um background poderoso para a estruturação de uma cadeia logística de grande impacto, que seja mais vantajosa para a empresa e de melhor qualidade para o consumidor. Essas informações podem ser usadas para estoques, centros de distribuição e todas as etapas da cadeia de transporte.

Novos modelos de negócios

Embora os exemplos mais óbvios sobre o uso da Internet das Coisas estejam relacionados à produtividade e ao monitoramento de processos, as empresas também começam a usar os dados coletados com a ajuda dessa tecnologia para fornecer novas soluções para seus clientes.

Essas soluções podem ser produtos diferenciados, padrões de atendimento personalizados às necessidades dos clientes, designs mais adequados, entre outras possibilidades. A IoT permite que as empresas saiam dos modelos de negócios tradicionais e consigam oferecer serviços que vão ao encontro das reais expectativas dos consumidores, com maior eficiência e custos menores.

Melhora na experiência do consumidor

Quando falamos de Internet das Coisas, não podemos esquecer de um dos seus benefícios de maior impacto quando se trata de gestão corporativa: a melhoria da experiência do consumidor.

A grande acessibilidade, a conexão sincronizada e a velocidade na troca de informações possibilitam à IoT exercer um grande papel, fazendo com que a comunicação com a empresa seja realizada praticamente em tempo real e tornando a experiência do consumidor única e extremamente satisfatória.

Aumento de receita

A Internet das Coisas carrega um grande potencial de aumento de receitas ao possibilitar a criação de novas soluções, abrindo portas para o surgimento de produtos disruptivos capazes de atender totalmente as necessidades dos clientes.

Esse espaço pode trazer não só o aumento, como também a geração de novas receitas para as empresas e, até mesmo, o surgimento de expertises inéditas no mercado, contribuindo para melhorias de infraestrutura e aumentando o número de opções.

Agora que você sabe o que é Internet das Coisas e qual sua influência na gestão das organizações no mundo todo, vale a pena pensar nos impactos que essa tecnologia traz para sua empresa e como você pode implementá-la nos mais diversos setores e etapas de produção.

Achou este conteúdo útil? Para que ele chegue a mais pessoas, compartilhe-o nas suas redes sociais!

Posts relacionados

Deixe um comentário