Como o presenteísmo pode prejudicar a produtividade dos colaboradores?

3 minutos para ler

Priorizar a produtividade da equipe e o bom rendimento dos colaboradores é necessário, porém é preciso saber o que pode impactá-los negativamente e saber como resolvê-las da melhor maneira. É exatamente nesse cenário que esta conversa se constrói: trataremos, neste post, sobre presenteísmo. Você sabe o que é?

Se você nunca ouviu falar sobre a temática ou está em dúvida sobre o que ela significa, pode ficar tranquilo: tudo será muito bem apresentado. Afinal, como combater um problema se não o conhecemos? 

Ficou curioso e quer saber o que é e como resolver essa problemática na sua equipe de colaboradores? Então siga a leitura! 

O que é presenteísmo?

A falta de conexão com o ambiente profissional e o baixo engajamento relacionado aos compromissos são dois pontos que definem o presenteísmo. Ou seja, o colaborador que está apresentando esse problema bate ponto na empresa e até executa suas responsabilidades, mas não da forma como deveria.

Presenteísmo X absenteísmo

Diferentemente do absenteísmo, que é quando o colaborador passa a faltar frequentemente no trabalho, o presenteísmo conta com a presença do funcionário no ambiente profissional, porém seu rendimento é comprometido pela falta de foco, produtividade e engajamento nas atividades propostas.

Ou seja, o absenteísmo corresponde à ausência física do colaborador, já o presenteísmo está ligado à ausência mental do indivíduo, como se estivesse no “mundo da lua” durante o período de serviços.

Como identificar o presenteísmo? 

Agora que você compreendeu a diferença entre absenteísmo e presenteísmo, já deve ter identificado como os desafios são enormemente diferentes, até pela identificação da problemática. No caso do absenteísmo, é fácil de notar quando um funcionário passa a faltar, porém, como medir a presença mental do seu colaborador? Veja algumas dicas:

  • ansiedade;
  • angústia;
  • cansaço;
  • dores musculares ou de cabeça;
  • insatisfação;
  • desmotivação ;
  • trabalho acumulado etc.

Como combater o presenteísmo?

Conseguiu encaixar alguns dos integrantes do seu time nessa lista de sinais e gostaria de combater o presenteísmo na sua empresa? Então veja algumas sugestões, no estilo passo a passo, para diminuir e até eliminá-lo no ambiente profissional:

  • identifique a problemática;
  • converse com o colaborador;
  • ouça as questões e reclamações que se apresentam como justificativa;
  • busque, durante a resolução, maneiras efetivas para devolver a motivação ao indivíduo;
  • caso necessário, indique acompanhamento psicológico.

Quais são os perigos do presenteísmo?

Mas será que se mover para resolver o presenteísmo na sua empresa é realmente necessário? Se você ainda tem dúvidas relacionadas ao impacto negativo dessa problemática, vale a pena conferir a lista a seguir:

  • acúmulo de responsabilidades e desorganização;
  • baixa produtividade;
  • atrito entre os membros da equipe;
  • turnover;
  • baixo comprometimento com a empresa etc. 

Se você chegou até aqui, já sabe o que é o presenteísmo, quais são seus impactos no time e quais são as melhores estratégias para combatê-lo. Lembre-se de que um profissional destaque do RH conta com o foco constante em melhorar continuamente as práticas no segmento para, dessa forma, provocar os melhores resultados na gestão de pessoas e recursos humanos.

Curtiu este conteúdo e acredita que o presenteísmo pode prejudicar a qualidade de serviço dos times? Então, vale a pena dividir este material! Por isso, compartilhe este post nas suas redes sociais!

Posts relacionados

Deixe um comentário