RH Estratégico x Tradicional: Entenda as diferenças

4 minutos para ler

Embora o sucesso de uma empresa esteja relacionado a diversos fatores, não é um exagero alegar que a atuação dos colaboradores é um dos mais importantes, pois são eles os grandes responsáveis pela operação do negócio. Por esse motivo, táticas como o RH estratégico, que otimizam a relação entre o colaborador e a companhia, são de suma importância.

O problema é que, sem entender as vantagens dos modelos mais atuais e eficientes de gestão de pessoas, muitos gestores ainda adotam práticas antigas e encaram o colaborador como um simples ativo, em vez de um indivíduo com o potencial de contribuir para o crescimento da empresa.

Para ajudar você a entender a importância da atualização dos Recursos Humanos, preparamos este conteúdo. Leia o artigo e descubra o que é o RH estratégico e entenda como ele pode beneficiar sua empresa!

Afinal, como funciona o RH estratégico?

Uma vez que a operação diária de uma empresa é feita por seus colaboradores, mesmo as companhias que adotam práticas tradicionais de gestão de pessoas entendem sua importância e procuram implementar estratégias para aumentar seu desempenho.

A grande questão é que o RH estratégico não encara os funcionários da companhia como simples ativos, mas avalia cada um deles como um indivíduo repleto de potencialidades e, como todo o ser humano, defeitos.

Nesse contexto, as técnicas mais modernas de gestão de capital humano buscam atuar diretamente nesse fator humano, implementando estratégias de engajamento que visam melhorar a integração entre o colaborador e a empresa.

Outra característica marcante do RH estratégico é o fato de que esse plano usa a tecnologia e indicadores inteligentes para medir fatores como o índice de desempenho dos profissionais, bem como identificar padrões que influenciam seu comportamento na empresa.

Como ele se diferencia do RH tradicional?

Diferentemente do RH estratégico, o tradicional ainda encara os colaboradores como se eles fossem meros recursos, como uma máquina ou um equipamento industrial.

Ao visualizar seus funcionários desse modo, as companhias acabam tendo mais dificuldades em implementar planos para melhorar o desempenho e o engajamento deles. Isso porque não são capazes de compreender mais a fundo suas demandas.

Essa desconexão entre colaboradores e empresa pode refletir em outras áreas importantes, como na retenção de talentos — o que abre espaço para que a companhia perca profissionais altamente capacitados para seus concorrentes.

Quais os cuidados necessários para implementar o RH estratégico em uma empresa?

Sim, o RH estratégico é mais eficiente do que os modelos tradicionais! Mas, como implementá-lo?

A grande questão é que a atualização dos processos de Recursos Humanos não é tão simples, principalmente em empresas mais engessadas pelo excesso de burocracias.

Em primeiro lugar, é importante mudar a imagem do colaborador construída pelos líderes e gestores. Definitivamente, é necessário que os profissionais da empresa sejam encarados como parceiros estratégicos.

A empresa também precisa fornecer capacitação para seu time de Recursos Humanos, para que eles se adequem à nova realidade do mercado. Além disso, os profissionais de RH precisam ter acesso a ferramentas que otimizem a realização de suas tarefas e gerem indicadores relevantes, como os softwares de RH.

Embora a implementação do RH estratégico gere alguns desafios para as empresas, seus benefícios ao longo do tempo compensam todo o esforço. Na verdade, esse processo de atualização pode se tornar um dos grandes diferenciais da companhia.

Depois de ler este conteúdo, você entende melhor a diferença entre o RH estratégico e o tradicional. Que tal aprender mais sobre temas úteis para a sua empresa? Assine nossa newsletter e fique por dentro dos assuntos mais relevantes para você e seu negócio!  

Posts relacionados

Deixe um comentário